MULTIDATAS COMEMORATIVAS

ENEM

Enem-N-MAIOR
ENEM: INSCRIÇÕES ESTÃO ABERTAS. CONFIRA O CRONOGRAMA!

 

Prazo vai até 23 de maio; provas serão nos dias 8 e 9 de novembro.

Candidatos transexuais poderão solicitar uso de nome social.

 

O sistema de inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 foi aberto às 9h desta segunda-feira (12). As inscrições podem ser feitas até as 23h59 do dia 23, no site http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricaoEnem/. O exame será realizado nos dias 8 e 9 de novembro, e a expectativa é que até 8,2 milhões de estudantes se inscrevam este ano. Os candidatos podem tirar dúvidas sobre a inscrição em um passo a passo produzido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), autarquia do Ministério da Educação (MEC) responsável pelo exame, no site enem.inep.gov.br.
Em 2013, mais de 7,1 milhões de candidatos se inscreveram no Enem e mais de 5 milhões fizeram as provas. A taxa de inscrição não mudou – continua R$ 35 –, e o pagamento do boleto deve ser feito até o dia 28 de maio. Ficam isentos da cobrança todos os alunos de escola pública ou que comprovarem renda familiar mensal inferior a R$ 1.086.
Site do Enem traz o passo a passo para candidato

 

Assim como nos anos anteriores, o Enem ocorrerá em dois dias seguidos. No sábado, dia 8, os participantes farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza, entre as 13h e as 17h30 (horário de Brasília). No domingo, dia 9, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Nesse dia, o tempo de exame será mais longo, entre as 13h e as 18h30 (horário de Brasília).
Segundo o MEC, serão impressas 18,3 milhões de provas (incluindo normal, ampliada, ledor e braile – estas três últimas, para quem tem diferentes graus de deficiência visual) em 1.699 municípios do país. Este ano, 785 mil funcionários vão ajudar na realização do Enem, entre coordenadores de locais de aplicação, assistentes de coordenação, chefes de sala, fiscais e apoio. Em todo o Brasil, haverá 16,6 mil locais de prova.
CRONOGRAMA DO ENEM 2014
INSCRIÇÕES
12 de maio (às 10h): início das inscrições

23 de maio (às 23h59): fim das inscrições

28 de maio: último dia para pagar a taxa de R$ 35

 

PROVAS

 

8 de novembro (das 13h às 17h30, horário de Brasília): provas de ciências humanas e ciências da natureza

9 de novembro (das 13h às 18h30, horário de Brasília): provas de linguagens e códigos, matemática e redação
Transexuais podem usar nome social
Candidatos travestis ou transexuais poderão usar o nome social para prestar o Enem. Para isso, precisarão fazer a solicitação ao Inep, por telefone, durante o prazo de inscrição.

Segundo o site, “o participante travesti ou transexual que desejar ser identificado por nome social nos dias e locais de realização do exame deve fazer essa solicitação pelo telefone 0800 616161, até o final do período de inscrição”. O edital do Enem 2014, no entanto, não faz nenhuma referência ao uso do nome social pelos candidatos.
Detectores de metal
Na última quinta-feira (8), o MEC anunciou que nesta edição serão aperfeiçoados os procedimentos de segurança contra fraude na aplicação das provas. Os fiscais poderão, inclusive, usar detectores de metais portáteis para comprovar que candidatos não estão usando equipamentos eletrônicos durante a realização do exame.
Transexuais poderão solicitar uso do nome
O detector poderá ser utilizado em qualquer estudante inscrito, a não ser que a pessoa apresente uma justificativa para que não possa passar por esse tipo de monitoramento. O aparelho também poderá comprovar o uso indevido de celulares para postar fotos do Enem nas redes sociais – infração que acabou eliminando dezenas de jovens nas últimas duas edições.
Segundo o MEC, este ano o edital foi traduzido para a Língua Brasileira de Sinais (Libras), e o site do Enem terá uma versão do edital incorporada a um sistema de computação acessível a cegos, chamado Dosvox.
Sabatistas
Este ano, os alunos sabatistas (que guardam o sábado por motivos religiosos) poderão fazer a prova de 8 de novembro às 19h (horário de Brasília) desse dia, exceto nos estados do Acre, Amazonas, de Roraima e Rondônia. Nesses quatro estados, os candidatos sabatistas poderão realizar o primeiro dia de provas às 19h de sua hora local, em função do horário de verão.
Correção da redação
Segundo o ministro da Educação, Henrique Paim, os atuais filtros de correção da redação do Enem serão mantidos e ampliados. De acordo com ele, o MEC tem investido no aprimoramento dos itens de correção e na capacitação dos corretores. O presidente do Inep, Francisco Soares, também disse a jornalistas na quinta-feira que cada prova será avaliada por dois corretores.
“Se as notas dadas por cada corretor tiverem diferença de 100 pontos, um terceiro corretor irá avaliar a redação. Cada um avalia cinco quesitos. No caso de diferença de 80 pontos em cada quesito, também será chamado um terceiro avaliador”, explicou Soares.
“Estamos com um grande processo de monitoramento e capacitação constante. Quando a redação é enviada ao corretor, assim como todo o sistema de acompanhamento, a redação é acompanhada de várias maneiras. A cada ano, acrescentamos detalhes, dada a experiência. Existirão novos filtros e sinalizações, e isso é um processo contínuo”, afirmou o presidente do Inep.
Combatendo a abstenção
Segundo informou o MEC na quinta, os candidatos que não compareceram às provas do ano passado e se inscreverem novamente em 2014 receberão uma mensagem do governo alertando sobre o problema de faltar ao Enem mais uma vez.
De acordo com os dados levantados pelo governo, a maioria dos ausentes no exame são pessoas que não precisam pagar a taxa de inscrição – como treineiros, que ainda não terminaram o ensino médio, e adultos que já acabaram o ensino médio e trabalham.
Em 2013, o governo estima que cerca de 30% dos candidatos inscritos no Enem não chegaram a fazer os dois dias de prova. O prejuízo com os ausentes, no ano passado, foi de R$ 58 milhões, segundo o MEC.
Edição de 2013
No ano passado, o exame foi aplicado nos dias 26 e 27 de outubro, e o resultado saiu em 3 de janeiro deste ano. No primeiro semestre de 2014, o desempenho na última edição do exame foi usado por 2,5 milhões de candidatos que se inscreveram no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para concorrer a 171 mil vagas em 115 instituições públicas de ensino superior.
O Enem também é obrigatório para alunos de escolas públicas interessados em bolsas de estudo parciais ou integrais em universidades particulares por meio do Programa Universidade para Todos (Prouni), do governo federal; ou em bolsas de intercâmbio de graduação pelo programa Ciência sem Fronteiras. A prova é exigida, ainda, para universitários que queiram financiar um curso superior privado por meio do Financiamento Estudantil (Fies).
Além de ajudar estudantes prestes a ingressar na graduação ou que já estão no ensino superior e querem pedir bolsa ou participar de programas do governo, o exame serve para que adultos que não completaram o ensino básico na idade certa possam conseguir o certificado de conclusão do ensino médio.

 

ENEM-ATENCAOO

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O ENEM
DADOS GERAIS

 

O que é o Enem?
O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é uma prova aplicada anualmente pelo MEC (Ministério da Educação), por meio do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). O exame é composto de 180 questões mais uma redação — ele é realizado em dois dias de prova, no segundo semestre.

Criado em 1998, o Enem era uma prova para diagnosticar a qualidade do ensino médio no país. Em 2009, ele ganha mais uma função de destaque: selecionar ingressantes nos cursos superiores de faculdades e universidades federais.

 

Para que serve o Enem?
O Enem tem como principal objetivo avaliar o desempenho escolar e acadêmico ao fim do ensino médio. O exame é utilizado como critério de acesso do participante a programas governamentais, como o Prouni (Programa Universidade para Todos), o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), o Sisutec (Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica) e o Ciência sem Fronteiras. Com as notas do Enem também é possível obter a certificação de conclusão do ensino médio

 

Quem pode fazer a prova?
O Enem é destinado para quem já concluiu ou vai concluir o ensino médio no ano de aplicação da prova.

 

Qual é a nota máxima e a nota mínima para uma prova do Enem?
Como o Enem usa a metodologia da TRI (Teoria de Resposta ao Item), não existe uma pontuação máxima e mínima que o candidato pode atingir – com exceção da redação, que não é corrigida por esse modelo e cuja nota varia de zero a 1.000. A partir das notas obtidas pelos participantes, o Inep constrói uma escala de notas máximas e mínimas que permite ao aluno comparar seu desempenho com o dos demais estudantes. Essas informações são divulgadas com os boletins individuais.

 

Quando posso fazer a inscrição no Enem 2014?
As inscrições serão realizadas das 10h do dia 12 de maio de 2014 até as 23h59 do dia 23 de maio de 2014, horários oficiais de Brasília-DF.

 

Quando acontecem as provas?
As provas serão realizadas nos dias 8 e 9 de novembro, a partir das 13h, horário oficial de Brasília-DF, em todas as Unidades da Federação.

 

TAXA DE INSCRIÇÃO E ISENÇÃO DE PAGAMENTO

 

Quanto tenho que pagar para fazer o Enem?
O valor da taxa de inscrição é de R$ 35.

 

Posso pagar a taxa de inscrição em qualquer banco?
O pagamento da taxa de inscrição do Enem deve ser efetuado somente no Banco do Brasil, por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU Simples). A GRU deverá ser impressa durante o processo de inscrição.

 

Se eu perder a guia, como faço para pagar a taxa?
O candidato pode reimprimir a Guia de Recolhimento da União no sistema de acompanhamento do Enem 2014.

 

Posso pagar a taxa de inscrição até qual data?
A taxa de inscrição deverá ser paga até o dia 28 de maio. Caso não haja o pagamento até essa data, a inscrição não será confirmada.

 

O prazo final para pagar a taxa cai no dia de um feriado na minha cidade, posso pagar no dia seguinte?
Em nenhuma hipótese haverá prorrogação de prazo para pagamento da taxa de inscrição, ainda que o último dia do prazo (28 de maio) seja feriado estadual, distrital ou municipal no local escolhido pelo candidato para o pagamento.

 

E se eu desistir de fazer o Enem, posso pedir o dinheiro da inscrição de volta?
O valor referente à taxa de inscrição não será devolvido em hipótese alguma, exceto no caso de cancelamento do exame.

 

Quem não precisa pagar a taxa de inscrição?
A isenção do pagamento da taxa de inscrição do Enem 2014 será concedida:

 

Automaticamente, ao candidato concluinte do ensino médio no ano de 2014, matriculado em qualquer modalidade de ensino em escola da rede pública, declarada ao Censo Escolar da Educação Básica.
Mediante declaração de carência, ao candidato que atenda aos requisitos da lei de isenção do pagamento de taxas para inscrição em processos seletivos de ingresso nos cursos das instituições federais de educação superior.
Mediante declaração de carência, ao candidato que declarar ser membro de família de baixa renda ou estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

 

Como faço para pedir isenção do pagamento da taxa de inscrição?
A solicitação de isenção do pagamento da taxa de inscrição somente poderá ser realizada no sistema de inscrição por meio da Declaração de Carência Socioeconômica e durante o período de inscrição (de 12 a 23 de maio). Não serão aceitas solicitações de isenção do pagamento da taxa de inscrição por outros meios, tais como: via postal, telefone, fax ou correio eletrônico.

 

O MEC vai me avisar se meu pedido de isenção foi aceito?
Não. É responsabilidade do candidato verificar se a solicitação de isenção da taxa de inscrição foi aceita no sistema de acompanhamento da inscrição.

 

Pedi a isenção, mas não foi concedida. O que faço agora?
O candidato que não tiver sua solicitação de isenção aceita deve gerar a GRU Simples no sistema de acompanhamento da inscrição e efetuar o pagamento da taxa de inscrição até o dia 28 de maio.

 

INSCRIÇÃO
Quais documentos preciso para fazer a inscrição?
O candidato deve ter em mãos, no ato da inscrição, o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e o número do documento de identidade – esses documentos são obrigatórios para a efetivação da inscrição. Também é preciso informar obrigatoriamente um endereço de e-mail válido.

 

Caso eu perca o prazo de inscrição terei um tempo adicional?
Em nenhuma hipótese será permitida a inscrição condicional ou fora do prazo (das 10h dos dia 12 de maio até as 23h59 de 28 de maio). O Inep também não se responsabiliza por solicitação de inscrição não recebida devido a quaisquer motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, procedimento indevido do candidato, bem como por outros fatores que impossibilitem a transferência de dados, sendo de responsabilidade exclusiva do candidato acompanhar a situação de sua inscrição, assim como seu local de realização das provas.

 

Vou fazer o Enem para obter a Certificação de Conclusão do Ensino Médio. Como devo fazer minha inscrição?
A inscrição deve ser feita segundo as mesmas regras já apresentadas, mas o candidato também deve indicar a pretensão de utilizar os resultados do Enem para fins de Certificação de Conclusão do Ensino Médio, indicando uma das Instituições Certificadoras, que estará autorizada a receber seus dados cadastrais e resultados para fins de certificação. O interessado em pleitear o certificado de conclusão do ensino médio ou declaração parcial de proficiência deverá possuir 18 anos completos até o primeiro dia de realização das provas do exame.

 

Para que serve o número de inscrição e a senha de acesso?
Após o término da inscrição, o candidato terá um número de inscrição e uma senha de acesso. Esses dados são indispensáveis para o acompanhamento do processo de inscrição, para a consulta e a impressão do cartão de confirmação de inscrição, para a obtenção dos resultados individuais via Internet e para a inscrição em programas de acesso ao ensino superior, programas de bolsa de estudos e de financiamento estudantil, entre outros programas do Ministério da Educação.

 

Fiz a inscrição e perdi minha senha de acesso ao sistema. O que devo fazer?
O candidato deverá pedir a recuperação da senha no endereço eletrônico http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricaoEnem. Uma nova senha será encaminhada ao e-mail ou celular, via SMS, informado pelo próprio candidato no momento da inscrição.

 

É possível escolher onde eu vou fazer a prova?
No momento da inscrição, o candidato indica a cidade em que deseja realizar as provas.

 

É possível alterar os dados informados durante a inscrição?
As alterações nos dados cadastrais, na cidade de provas e na opção de língua estrangeira são permitidas apenas durante o período de inscrição. Após o término da inscrição, não será possível alterar mais nada.

 

Como sei se minha inscrição foi confirmada?
O candidato deve acompanhar a situação de sua inscrição, pelo sistema de acompanhamento da inscrição, no endereço eletrônico http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricaoEnem. A confirmação e acompanhamento são de inteira responsabilidade do candidato.

 

ATENDIMENTO ESPECIALIZADO E ESPECÍFICO
Quem está preso pode fazer o Enem 2014?
Sim, mas será feito um edital específico para a realização do exame para os adultos submetidos a penas privativas de liberdade e os adolescentes sob medidas socioeducativas que incluam privação de liberdade. As datas provavelmente serão diferentes, como nos outros anos.

 

O que é atendimento especializado?
O atendimento especializado é oferecido a pessoas com baixa visão, cegueira, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual (mental), surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia ou com outra condição especial. É preciso fazer o pedido de atendimento especializado no momento da inscrição e solicitar o auxílio ou o recurso de que necessitar, de acordo com as seguintes opções: prova em braile, prova com letra ampliada (fonte de tamanho 18 e com figuras ampliadas), prova com letra super ampliada (fonte de tamanho 24 e com figuras ampliadas), tradutor-intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais), guia-intérprete para pessoa com surdocegueira, auxílio para leitura, auxílio para transcrição, leitura labial, sala de fácil acesso e mobiliário acessível.

 

O que é atendimento específico?
O atendimento específico é oferecido a gestantes, lactantes, idosos, estudantes em classe hospitalar e/ou sabatistas (pessoas que, por convicção religiosa, guardam o sábado).

 

Posso ter mais tempo para fazer a prova?
Sim. O candidato que declarar, no ato da inscrição, possuir deficiência ou outra condição especial e necessitar de tempo adicional para a realização de suas provas deverá preencher o Requerimento de Tempo Adicional, disponível na sala de provas nos dias de realização do exame. O edital não específica quanto tempo adicional o candidato terá.

 

É preciso apresentar algum documento comprovando a necessidade de atendimento especializado ou específico?
Sim. O candidato precisa ter documentos comprobatórios da condição que motiva a solicitação de atendimento especializado ou específico.

 

Estarei amamentando no período do exame. É possível levar o bebê para mamar?
Sim. A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas poderá solicitar atendimento específico e, obrigatoriamente, levar um acompanhante adulto nos dias de aplicação do exame. O acompanhante ficará em sala reservada, sendo responsável pela guarda da criança durante a realização das provas. O acompanhante não terá acesso à sala de prova e as conversas entre a candidata e o acompanhante deverão ser assistidas por um aplicador.

 

Consigo fazer o Enem se estiver internado em um hospital?
O edital do Enem prevê que o candidato em situação de classe hospitalar poderá solicitar atendimento diferenciado para o dia da prova. É considerado participante em situação de classe hospitalar aquele que recebe formalmente aulas na condição de estudante internado para tratamento de saúde, no interior das instituições hospitalares ou afins. Não é caracterizado como participante em classe hospitalar aquele que, na data do exame, estiver internado para realizar partos, cirurgias ou tratamentos médicos. Nesse último caso, não será concedido o atendimento específico.

 

Eu sou sabatista, posso fazer a prova em horários especiais?
O candidato sabatista poderá solicitar atendimento específico, informando a opção “Guardador de sábado por motivo religioso” em campo próprio do sistema de inscrição. O Inep assegurará aos sabatistas horário específico para aplicação do exame no dia 8 de novembro. O candidato, no entanto, deverá comparecer ao seu local de prova no mesmo horário dos demais participantes, às 12h (horário oficial de Brasília-DF), e aguardar, em sala de provas, para iniciar as provas do primeiro dia, às 19h (horário oficial de Brasília-DF). O candidato não poderá realizar qualquer espécie de consulta, de comunicação ou de manifestação a partir do ingresso na sala de provas até o término do exame.

Observação: O inscrito para realização das provas nos Estados de Roraima, Rondônia, Amazonas e Acre que informar a opção “Guardador de sábado por motivo religioso” deverá aguardar, em sala de provas, para iniciar as provas do primeiro dia, às 19h, horário local.

 

Posso solicitar atendimento diferenciado por telefone ou e-mail?
Não. O atendimento diferenciado e o atendimento específico somente poderão ser solicitados por meio do sistema de inscrição. Não serão aceitas outras formas de solicitação, tais como: via postal, telefone, fax ou correio eletrônico.

 

LOCAIS DE PROVA
Quando acontecem as provas?
As provas serão realizadas nos dias 8 e 9 de novembro, a partir das 13h, horário oficial de Brasília-DF, em todas as Unidades da Federação.

 

Como fico sabendo meu local de prova e outras informações sobre o exame?
Essas informações estarão no cartão de confirmação de inscrição, que será enviado pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, por via postal, para o endereço informado pelo candidato no ato da inscrição. O cartão terá as seguintes informações: número de inscrição, data, hora, local de realização das provas, indicação do atendimento especializado e/ou específico (se for o caso), opção de língua estrangeira e solicitação de certificação (se for o caso).

 

E se eu não receber nenhum comprovante?
O cartão também estará disponível no sistema de divulgação de local de prova, no endereço eletrônico http://sistemasenem2.inep.gov.br/localdeprova, após divulgação pelo Inep.

 

Posso mudar o local onde vou fazer a prova depois que a inscrição estiver feita?
Enquanto o período de inscrições estiver aberto é possível alterar a cidade indicada para a realização das provas. Após o fechamento das inscrições não será possível realizar alterações.

 

E se o MEC me colocar em um local de prova muito distante da minha casa?
Depois que os locais são definidos, o edital não prevê alteração dos locais de prova.

Voltar ao topo

 

NOS DIAS DAS PROVAS
Que horas o portão dos locais de prova será aberto e que horas começa o exame?
Nos dias de realização do exame, os portões de acesso aos locais de provas serão abertos às 12h e fechados às 13h, de acordo com o horário oficial de Brasília-DF. O início da prova está marcado para as 13h.

 

Se eu me atrasar por causa do trânsito ou do ônibus que não passou, poderei realizar o exame?
Não. É estritamente proibida a entrada do candidato que se apresentar após o fechamento dos portões.

 

Moro no Amazonas, qual fuso horário devo obedecer?
O horário utilizado em todas as regiões do país será o horário oficial de Brasília.

 

Que documentos é preciso levar nos dois dias de prova?
É obrigatória a apresentação de documento de identificação original com foto para a realização das provas. Considera-se como documentos válidos para identificação do candidato: cédulas de identidade (RG) expedidas pelas Secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pela Polícia Federal; identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros; identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenham validade como documento de identidade; Carteira de Trabalho e Previdência Social, emitida após 27 de janeiro de 1997; Certificado de Dispensa de Incorporação; Certificado de Reservista; Passaporte; Carteira Nacional de Habilitação com fotografia, na forma da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997; e identidade funcional em consonância com o Decreto nº 5.703, de 15 de fevereiro de 2006.

 

O que acontece se eu tiver meus documentos originais de identidade roubados?
O candidato impossibilitado de apresentar o documento de identificação original com foto nos dias de aplicação do exame, por motivo de extravio, perda, furto ou roubo, poderá realizar as provas, desde que: apresente o Boletim de Ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro dia de aplicação do exame; submeta-se à identificação especial, que compreende a coleta de dados e da assinatura do participante em formulário próprio.

O

que acontece se o meu documento de identidade estiver vencido?
O candidato que apresentar documento de identificação original com validade vencida, com foto que não permita a completa identificação dos seus caracteres essenciais ou de sua assinatura, poderá realizar as provas, desde que se submeta à identificação especial, que compreende a coleta de dados e de sua assinatura em formulário próprio.

É verdade que pode ter detector de metal nos locais de prova?
Sim. Nos dias de realização do Exame, o candidato poderá ser submetido à revista eletrônica nos locais de provas, a qualquer momento, por meio do uso de detector de metais.

 

Qual é o material permitido para responder a prova?
O candidato deverá utilizar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente.

 

Posso usar mais algum material, como lápis, celular e calculadora?
Não. No dia da prova, o candidato NÃO pode portar lápis, caneta de material não transparente, lapiseira, borrachas, livros, manuais, impressos, anotações e quaisquer dispositivos eletrônicos, tais como: máquinas calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, pen drives, mp3 ou similar, gravadores, relógios, alarmes de qualquer espécie ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens. Também é proibido utilizar óculos escuros e artigos de chapelaria, tais como: boné, chapéu, viseira, gorro ou similares. Não será possível portar armas de qualquer espécie, ainda que detenha autorização para o respectivo porte.

 

Posso levar comida e água?
Água e comida não estão na lista de “proibições” do edital do Enem.

O

que devo fazer se levar algum material que não é permitido?
O candidato deverá guardar, antes do início das provas, em embalagem porta-objetos fornecida pelo aplicador, telefone celular desligado, quaisquer outros equipamentos eletrônicos desligados e outros objetos. A embalagem porta-objetos deverá ser lacrada e mantida embaixo a carteira do candidato até o final das provas.

 

Quanto tempo eu vou ter para responder as questões?
O primeiro dia de prova terá duração de 4h30. No segundo dia de prova, o candidato terá 5h30 para responder as questões e elaborar uma redação.

 

Com quanto tempo de prova posso ir embora?
O candidato só pode ir embora após duas horas do início do exame. Se sair da sala antes, o candidato será eliminado.

 

Com quanto tempo posso levar o caderno de prova comigo?
O candidato somente poderá levar o seu caderno de questões ao deixar em definitivo a sala de provas nos últimos trinta minutos que antecedem o término das provas.

Terminei a prova no horário, mas não passei as respostas para o cartão de respostas. Terei um tempo adicional para fazer isso?
Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a realização das provas em razão de afastamento do candidato da sala de provas ou para preenchimento do seu cartão-resposta ou folha de redação.

 

É verdade que preciso conferir o meu nome e o meu número de inscrição no caderno de prova?
Sim. São de responsabilidade do participante a leitura e a conferência de seus dados registrados nos cartões-resposta, na folha de redação, na lista de presença e nos demais documentos do exame. O candidato também deverá marcar no cartão-resposta a cor do caderno de prova e transcrever a frase apresentada na capa do caderno de questões.

 

Preciso assinar a prova?

Sim. O candidato deve assinar, nos espaços próprios, o cartão-resposta referente a cada dia de provas, a folha de redação, a lista de presença, a folha de rascunho e os demais documentos do exame.

 

É preciso passar as respostas para algum lugar?
Sim. As respostas das provas objetivas e o texto da redação do candidato deverão ser transcritos, com caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, nos respectivos cartões-resposta e folha de redação, que deverão ser entregues ao aplicador da sua sala ao término das provas.

 

O que acontece se eu for um dos últimos a acabar a prova?
Os três últimos candidatos presentes na sala de provas só serão liberados juntos, após assinatura da Ata de Sala.

Voltar ao topo

 

COMO É A PROVA
Como é a prova do Enem?
O exame será constituído de uma redação e quatro provas objetivas, contendo cada uma 45 questões de múltipla escolha. No primeiro dia de aplicação do exame, serão realizadas as provas de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias, com duração de 4h30.

No segundo dia de aplicação do exame, serão realizadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias, com duração de 5h30.

O que a prova do Enem tem de diferente de outros vestibulares?
O Enem usa a metodologia da TRI (Teoria de Resposta ao Item). Na TRI não existe uma pontuação máxima e mínima que o candidato pode atingir. A correção avalia as habilidades de cada candidato e não depende apenas do número de acertos e erros do estudante, como nos vestibulares tradicionais, mas do nível de dificuldade de cada item.

Uma questão que teve baixo índice de acertos é considerada “difícil” e, portanto, tem mais peso na pontuação final. Aquelas que têm alto índice de acertos são classificadas como “fáceis” e contam menos pontos na nota final do candidato. Dessa forma, dois participantes que acertaram o mesmo número de itens poderão ter médias finais diferentes, dependendo do nível de dificuldade de cada uma dessas questões.

 

Como minha redação será avaliada?
As redações do Enem são avaliadas de acordo com cinco competências:
1) Demonstrar domínio da norma padrão da língua escrita.
2) Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
3)Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
4)Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
5) Elaborar proposta de solução para o problema abordado, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

 

Se eu fugir do tema da redação em algum momento e colocar, por exemplo, trechos de músicas e receitas de comida no meu texto, ele será anulada?
Sim. Será anulada a redação que:
não atenda à proposta solicitada ou que possua outra estrutura textual que não seja a estrutura dissertativo-argumentativa, o que configurará “Fuga ao tema/não atendimento à estrutura dissertativo- argumentativa”;
não apresente texto escrito na Folha de Redação, que será considerada “Em Branco”;
apresente até sete linhas, qualquer que seja o conteúdo, que configurará “Texto insuficiente” (linhas com cópia dos textos motivadores apresentados no caderno de questões serão desconsideradas para efeito de correção e de contagem do mínimo de linhas);
apresente impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação, bem como que desrespeite os direitos humanos, que será considerada “Anulada”;
apresente parte do texto deliberadamente desconectada com o tema proposto, que será considerada “Anulada”.
Os rascunhos que eu fizer no caderno de questão serão considerados na correção?
Não. Os rascunhos e as marcações assinaladas nos cadernos de questões não serão considerados para fins de correção.

 

RESULTADOS
Quando os gabaritos serão divulgados?
Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados na página do Inep, até o terceiro dia útil seguinte ao de realização das últimas provas, ou seja, até o dia 30 de outubro.
Quando poderei acessar o boletim com o meu resultado individual no Enem 2013?
A data ainda não foi definida pelo MEC. O edital diz apenas que os participantes poderão acessar os seus resultados individuais da edição do Enem 2014 em data a ser posteriormente divulgada, mediante inserção do número de inscrição e senha ou CPF e senha, no endereço eletrônico http://sistemasenem2.inep.gov.br/resultadosenem.

 

Poderei recorrer da correção da minha redação?
Não. Os candidatos poderão requerer vista de suas provas de redação, exclusivamente para fins pedagógicos, após divulgação do resultado.

 

enem-redacao-zero

REDAÇÃO ENEM

 

 

Critério de correção das redações do Enem
Por Adriano Lesme

O critério de correção das redações do Enem é líder de reclamações dos estudantes que participam do exame nacional. A impossibilidade de solicitar revisão de nota e de descobrir o motivo da redação ter sido zerada deixa os estudantes inconformados, fazendo com que alguns até entrem na Justiça para rever a nota, mesmo sabendo que a chance de sucesso é pouca. Pensando em diminuir o número de reclamações e evitar as disputas judiciais, o Ministério da Educação (MEC) adota a cada edição critérios mais rigorsos. Veja como irá funcionar a correção da redação do Enem 2013.

No Enem, cada uma das redações são avaliadas por dois corretores entre os mais de 4 mil contratados para isso. Os avaliadores têm a função de atribuir uma nota de 0 a 200 pontos em cada uma das cinco competências abaixo:

1) Domínio da norma padrão da língua portuguesa;
2) Compreensão da proposta de redação;
3) Seleção e organização das informações;
4) Demonstração de conhecimento da língua necessária para argumentação do texto
5) Elaboração de uma proposta de solução para os problemas abordados, respeitando os valores e considerando as diversidades socioculturais.

A nota final da redação do Enem é a média aritmética da pontuação total dada pelos dois corretores, exceto em casos em que há discrepância entre as duas notas.

Se em uma ou mais competências a diferença entre as notas dos dois avaliadores for maior que 80 pontos, um terceiro corretor dá a nota daquela competência. Esse terceiro avaliador também é acionado se a diferença da soma total das cinco competências for superior a 100 pontos. Nesse último caso, a nota final do participante será a média aritmética entre as duas notas totais que mais se aproximarem.

Se o terceiro corretor não chegar a um acordo com os outros dois avaliadores, a redação será corrigida por uma banca composta por três corretores, presidida por um doutor. Essa banca também é acionada para examinar as redações com nota máxima (1.000).

O Edital do Enem prevê seis situações em que a redação do participante pode ser zerada ou anulada. São elas:

1) Fuga total ao tema;
2) Não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
3) Texto com até 7 linhas;
4) Impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto;
5) Desrespeito aos direitos humanos;
6) Redação em branco, mesmo com texto em rascunho.

Desde o Enem 2012 o MEC disponibiliza o espelho da correção das redações. No entanto, o participante ainda não pode solicitar revisão da nota. Vale lembrar que a maioria das universidades também não aceita revisão da nota das redações em seus vestibulares. Apesar das reclamações, o critério de correção das redações do Enem é mais rigoroso do que qualquer vestibular do Brasil.
http://educacao.uol.com.br

http://nilceuprof.blo.uol.com.br

http://vestibular.brasilescola.com/enem/criterio-correcao-das-redacoes-enem.htm

 

ENEM-CADEERNOS

 

 

Prof. Nilceu Francisco

Você enriquece esse espaço, com a sua presença, volte sempre!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: